Sexta da leitura


A aeromoça oferece bebida a um gay, que está sentado ao lado de uma freira, dentro do avião.
O gay (chique, lógico) pede uísque escocês com gelo.
– Aceita o mesmo que ele, irmã? – pergunta a aeromoça à religiosa.
A freira fica indignada:
– Prefiro ser agarrada selvagemente e estuprada por um negão do Pelourinho, daqueles de dois metros de altura, do que botar uma gota de álcool na boca!
O gay escuta e devolve o uísque à aeromoça dizendo:
– Desculpe! Eu não sabia que tinha essa outra opção.